Atendimentos à síndrome gripal sobem 235% na rede de saúde municipal

Publicado por departamento de Jornalismo Cruzeiro FM 92,3 em 15/01/2022

Os atendimentos de casos de síndrome gripal na rede municipal de saúde de Sorocaba cresceram 253,77% na primeira semana de 2022, em comparação com o mesmo período de 2021. Entre os dias 1ª a 9 de janeiro deste ano, foram 6.902 registros nas unidades de urgência e emergência, ante 1.951, no ano passado.

O número mais que triplicou. Os dados constam de levantamento feito pela Secretaria da Saúde (SES) da cidade, a pedido do Jornal Cruzeiro do Sul.

Em 2022, até o momento, foram confirmados cinco casos de influenza, sendo três de H3N2. Todos os pacientes precisaram ser internados, e dois morreram. Em 2021, houve oito confirmações, com todos hospitalizados e dois óbitos.

O comparativo considera apenas as Unidades Pré-Hospitalares (UPHs), Pronto-Atendimentos (PAs) e Unidades de Pronto-Atendimentos (UPAs). Não são contabilizadas as assistências nas cinco Unidades Básicas de Saúde (UBSs) sentinelas, pois, em janeiro de 2021, elas ainda não haviam sido implantadas.

De 30 de dezembro do ano passado, quando foram implementadas as três primeiras, a 9 de janeiro deste ano, essas UBSs, especificamente, atenderam 2.646 casos.

Sentinelas

Em 30 de dezembro, o Executivo transformou as UBSs da Vila Fiori, Jardim Simus e do Éden em sentinelas. Isto é, foram destinadas para atender exclusivamente casos de síndrome gripal. Já em 5 de janeiro deste ano, a administração municipal anunciou, também, a mudança da unidade do Jardim São Guilherme para sentinela.

Como a busca por assistência cresceu ainda mais, no dia 9, a prefeitura divulgou a criação de mais uma sentinela, em prédio anexo à Unidade de Pré-Hospitalar (UPH) Zona Leste.

Além disso, outras nove unidades de urgência e emergência igualmente atendem casos de gripe. São elas: Unidades Pré-Hospitalares (UPHs) Norte, Leste e Oeste, a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) Éden, bem como os Pronto-Atendimentos (PAs) Laranjeiras, Brigadeiro Tobias, Carandá, Sorocaba I e São Bento.

As unidades sentinelas do Jardim São Guilherme e da UPH Zona Leste atendem 24 horas por dia, de domingo a domingo, inclusive nos feriados e pontos facultativos. As outras três operam de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h. Já UPHs e a UPA atendem 24 horas, todos os dias.

Os PAs, por sua vez, funcionam das 19h às 17h, de segunda a sexta-feira, e 24 horas nos fins de semana, feriados e pontos facultativos. Para conseguir suprir a demanda, o Executivo ainda anunciou que disponibilizará, em breve, duas unidades de saúde móveis para atender casos de gripe e Covid-19.

Com informações do Jornal Cruzeiro do Sul – reportagem Vinícius Camargo

Foto: Pixabay

Comentários

Você está ouvindo

Cruzeiro FM 92,3 Mhz

A número 1 em jornalismo