Para evitar filas, SP vai distribuir senhas em domicílios para vacina

Publicado por departamento de Jornalismo Cruzeiro FM 92,3 em 23/01/2018

A Prefeitura de São Paulo informou na tarde desta segunda-feira (22) que irá distribuir senhas nas casas dos moradores durante a campanha do fracionamento da vacina contra a febre amarela. A vacinação começa nesta quinta-feira (25), mas a distribuição das senhas terá início já na terça-feira (23), segundo o secretário municipal de saúde Wilson Pollara.
“A aplicação da vacina será realizada mediante apresentação de senha”, enfatiza Pollara, que explica que as senhas serão distribuídas diariamente até 18 de fevereiro de casa em casa por equipes do programa Saúde da Família, com a descrição da unidade e do período [manhã ou tarde] da vacinação. O morador poderá escolher entre dois ou três dias diferentes para receber a imunização. “Assim não vamos ter a necessidade de ninguém sair para formar fila.”
Até então, as senhas eram distribuídas nas unidades de saúde.
O foco da ação será em 8 distritos das zonas leste (Cidade Líder, Cidade Tiradentes, Guaianases, Iguatemi, José Bonifácio, Parque do Carmo, São Mateus e São Rafael) e outros oito distritos da zona sul (Capão Redondo, Cidade Dutra, Grajaú, Jardim São Luis, Pedreira, Socorro, Vila Andrade e Campo Limpo).
Os paulistanos que não vivem nesses 16 distritos, mas que irão viajar para área de risco deverão procurar as 17 unidades de referência para saúde do viajante distribuídas pelas cinco regiões da cidade.
“Pedimos que somente quem vai para área de risco procure essas unidades. Se houver um afluxo muito grande de pessoas, vamos passar a exigir comprovante de viagem”, disse o secretário, que diz pretender vacinar todos os paulistanos progressivamente até o final de maio.

Comentários

Você está ouvindo

Cruzeiro FM 92,3 Mhz

A número 1 em jornalismo