Ministra Rosa Weber nega pedido de grávida para abortar

Publicado por departamento de Jornalismo Cruzeiro FM 92,3 em 29/11/2017

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, negou pedido de uma grávida com problemas financeiros que queria ter direito ao aborto.
Com 30 anos, dois filhos, salário de R$ 1.250, contrato temporário de trabalho para encerrar em dois meses, aluguel de R$ 600 para pagar, e bolsa de estudos em curso superior não concluído ainda, Rebeca Mendes Silva Leite queria poder interromper a gestação de seis semanas.
O pedido foi feito por meio do PSOL, partido autor de uma ação em que tenta descriminalizar a interrupção da gestação no Brasil quando ocorrida até a 12ª semana. Rosa Weber negou todos os pedidos.

Comentários
Tagueado como

Você está ouvindo

Cruzeiro FM 92,3 Mhz

A número 1 em jornalismo