Sobe para 56 o número de mortos por conta das chuvas em Pernambuco

Publicado por departamento de Jornalismo Cruzeiro FM 92,3 em 29/05/2022

As chuvas que atingem o estado de Pernambuco já deixaram ao menos 56 mortos. O governo federal prometeu começar a liberar recursos assim que forem reconhecidos os decretos de emergência do estado e municípios.

Em coletiva de imprensa realizada neste domingo (29), o ministro do Desenvolvimento Regional, Daniel Ferreira, disse que a situação mais atualizada pelas autoridades indicam 56 mortes, cerca de 50 desaparecidos, 25 feridos, 3957 desabrigados e 533 desalojados em Pernambuco.

Ainda ontem telefonei para o governador do estado e o prefeito de Recife, e coloquei de imediato as equipes do governo federal à disposição. Uma equipe da Defesa Civil nacional permanecerá em Pernambuco enquanto a situação perdurar”, disse.

Pouco antes do pronunciamento, Ferreira sobrevoou com outros ministros as áreas atingidas pela chuva no Grande Recife.

O ministro explicou os trâmites para a liberação de recursos federais para auxiliar as autoridades no enfrentamento da situação.

Ferreira disse que a primeira etapa requer o reconhecimento federal dos decretos de emergência emitidos pelos entes públicos locais, tanto o governo do estado quanto as prefeituras.

Quando o reconhecimento federal da situação for publicado no Diário Oficial da União, o governo federal libera recursos para a primeira de três etapas, a de “socorro e assistência humanitária”.

São recursos para kits de higiene, limpeza, colchões, cestas básicas, combustível e alimentação para equipes de resgate”, disse Ferreira.

“Vencida essa parte, os municípios vão elaborar planos de trabalho para fazer a liberação [de recursos] para restabelecimento de serviços essenciais. Isso inclui limpeza urbana, desobstrução de vias, restabelecimento de energia e abastecimento de água”, acrescentou.

A última etapa de possível auxílio federal ocorrerá quando a situação das chuvas se normalizar. “Passada a situação das chuvas, e a partir do reconhecimento federal, os municípios e estados têm até 90 dias para solicitar ao Ministério do Desenvolvimento Regional os recursos para reconstrução de infraestruturas públicas e casas, que eventualmente foram destruídas pelo desastre”, explicou o ministro.

O momento agora é de trabalho. A equipe técnica vai ficar aqui e vai auxiliar as autoridades locais para enfrentar a situação”, concluiu Ferreira.

Informações CNN Brasil

Coletiva de imprensa do Ministro do Desenvolvimento Regional, Daniel Ferreira
Comentários
Tagueado como

Você está ouvindo

Cruzeiro FM 92,3 Mhz

A número 1 em jornalismo