Pesquisa de pós-graduando da Unesp Sorocaba ajuda a interditar lixão na África

Publicado por departamento de Jornalismo Cruzeiro FM 92,3 em 22/10/2021

Pesquisas desenvolvidas na pós-graduação da Unesp têm importantes impactos para a ciência e sociedade. Um exemplo é o trabalho desenvolvido pelo mestrando do Programa de Pós Graduação em Ciências Ambientais, do Instituto de Ciência e Tecnologia de Sorocaba (ICTS), Gaspar Sebastião Francisco Cristóvão.

Gaspar é professor da Escola Superior Pedagógica do Bié (ESPB), em Kuito, Angola. Ele veio para o Brasil no contexto do acordo entre a Unesp e o Instituto Nacional de Gestão de Bolsas de Estudo (INAGBE) de Angola, para desenvolver seu mestrado.

Interessado em desenvolver uma pesquisa que pudesse contribuir para o bem-estar da comunidade angolana, Gaspar tem estudado diretrizes de extensão universitária para promover a gestão dos resíduos sólidos no entorno de instituições universitárias.

Um primeiro levantamento sobre o sistema de gestão dos resíduos sólidos de Kuito apontou riscos ambientais e para a saúde humana pela disposição desses resíduos sólidos em área de lixão. Tais resultados foram apresentados para os gestores da Província do Bié, na qual se insere Kuito, e rapidamente o lixão foi interditado.

Os resultados dessa pesquisa foram publicados no periódico científico African Geographical Review, da Taylor and Francis, e que teve a co-autoria do Prof. Gerson Medeiros (Orientador) e do Prof. Sandro Mancini, ambos do ICTS, e do Professor Jeremias Pessela da ESPB.

Trata-se de mais uma contribuição do grupo de estudos em gestão dos resíduos sólidos, criado e liderado pelo Professor Sandro Mancini e que lança entendimento para um continente com escassez de trabalhos sobre essa temática, particularmente fora das regiões metropolitanas.

Os autores do artigo agradecem ao INAGBE pela concessão da bolsa ao Professor Gaspar Cristóvão, o que tem permitido a inserção da Unesp na promoção da sustentabilidade do continente africano.

Ouça os detalhes com o repórter André Fazano!

Comentários

Você está ouvindo

Cruzeiro FM 92,3 Mhz

A número 1 em jornalismo