Missionários americanos são sequestrados no Haiti por grupo armado

Publicado por departamento de Jornalismo Cruzeiro FM 92,3 em 17/10/2021

Ao menos 17 missionários americanos e suas famílias foram raptados no sábado (16) no Haiti, por membros de uma gangue na capital Porto Príncipe, segundo informações da imprensa dos Estados Unidos, deste domingo (17). A violência cresce no país dizimado por um terremoto e pela instabilidade política.

Os missionários foram sequestrados quando estavam em um ônibus, a caminho do aeroporto, após uma visita a um orfanato, situado a 30 km da capital. Era a primeira viagem do grupo, vindo de Ohio, ao Haiti.

Usando barricadas, a gangue chamada “400 mawozo” desviou vários veículos de estradas controladas por ela, raptando os missionários e também cidadãos haitianos.

Jennifer Viau, porta-voz do departamento de Estado americano, declarou que o órgão investigaria o caso. “O bem-estar e segurança dos cidadãos americanos no exterior é uma das maiores prioridades do departamento de Estado”, declarou a porta-voz em um comunicado.

A embaixada dos Estados Unidos no Haiti não comentou o caso.

Uma porta-voz da polícia haitiana declarou que procuravam ter informações sobre o ocorrido.

Segundo a rede de tevê CNN, citando uma fonte das forças de segurança do Haiti, 14 adultos e três menores estão entre as pessoas sequestradas.

As informações são da RFI. Foto: Reprodução.

Comentários

Você está ouvindo

Cruzeiro FM 92,3 Mhz

A número 1 em jornalismo