Editorial: Seja responsável e salve vidas (24/09/2021)

Publicado por departamento de Jornalismo Cruzeiro FM 92,3 em 24/09/2021

O Estado de São Paulo registrou entre janeiro de 2019 e julho de 2021, 12.470 acidentes e 892 óbitos de motoristas com suspeita de embriaguez ao volante.

Desse total, 378 mortes, o que representa 42,3% dos casos, aconteceram aos finais de semana e à noite.

O levantamento realizado pelo Infosiga, sistema do Governo do Estado gerenciado pelo programa Respeito à Vida e Detran, mostra ainda que os jovens entre 18 e 24 anos representam 18% das vítimas fatais.

Esses dados chamam a atenção na Semana Nacional de Trânsito promovida pelo Ministério do Desenvolvimento Regional com base nas definições estabelecidas pelo Código de Trânsito Brasileiro, o CTB.

O número de acidentes e mortes por embriaguez ao volante é um dos principais pontos divulgados durante a Semana Nacional do Trânsito, realizada entre os dias 18 e 27 de setembro deste ano.

Logo depois, vêm o excesso de velocidade e o desrespeito à sinalização, em especial, ao sinal vermelho.

Muitos condutores mudam o comportamento ao sentarem atrás de um volante ou do guidão de uma motocicleta.

Somados a uma falsa sensação de poder sobre-humano estão aqueles que acham que um pouco de álcool no sangue não afetará suas habilidades ao volante.

O problema é que esse pouco de bebida alcoólica é sim comprometedora, como afirma a psicóloga Sônia Chebel, autora, inclusive, de uma tese de doutorado que estudou o comportamento do jovem no trânsito.

E, geralmente, como sabemos, as pessoas acabam exagerando na dose e aí está feita a besteira.

Educação, certamente, é o ponto nessa equação, mas ela somente não basta, o cidadão precisa entender que ele faz parte de um complexo sistema de mobilidade e que a legislação existe para coordenar as ações e garantir a segurança de todos pelas ruas, avenidas e estradas.

Nesta semana, a Cruzeiro FM 92,3 produziu uma série de reportagens e entrevistas sobre o trânsito nas cidades e nas estradas, em parceria com a CCR ViaOeste, concessionária das rodovias Castelo Branco, Castelinho e Raposo Tavares.

Nesta sexta-feira, o especialista em trânsito Renato Campestrini, titular do quadro Mobilidade Urbana da emissora, falou sobre as mudanças no Sistema Nacional de Trânsito do Brasil e da importância de se investir sempre em educação, formação e melhor preparação do cidadão para o trânsito.

Neste ano, a Semana Nacional de Trânsito trouxe o tema “No trânsito, sua responsabilidade salva vidas”.

E isso de fato é verdade, pois se todos cumprirem o que determina a legislação, respeitar os sinais de trânsito e manter o respeito e a cortesia entre as pessoas que se cruzam todos os dias pelas ruas, avenidas e estradas deste país, certamente teremos um sistema de trânsito muito mais eficiente e com indíces baixíssimos de acidentes e mortes.

A criação do Programa Respeito à Vida, uma iniciativa do governo estadual a partir de janeiro de 2015, quando, inclusive, foi lançado o Infosiga, ajudou na redução do número de acidentes no Estado.

De acordo com dados do Infosiga, entre janeiro de 2015 e agosto deste ano, houve uma redução de 1.383 mortes no trânsito paulista.

No ranking das vidas que não foram perdidas durante esse período, destaca-se a queda de óbitos entre os pedestres, que foi de 651.

Outro destaque positivo nessa estatística é a diminuição de mortes de ocupantes de automóveis, que foi de 321.

Contudo, é importante que continuemos sendo agentes de segurança no trânsito, respeitando as regras do CTB, já que, apesar  da redução dos números estatísticos ao longo destes seis anos, o número de vítimas fatais em bicicletas, motocicletas, ônibus e caminhões aumentou.

A Cruzeiro FM tem a preocupação e o compromisso de fomentar a segurança no trânsito, de modo que, há mais de dez anos, desenvolve as campanhas Motorista e Motociclista Legal, cujo foco é a educação no trânsito.

A Cruzeiro FM entende que a educação no trânsito e as campanhas constantes em torno da questão são o elo necessário para fecharmos a corrente da vida.

Assim, poderemos garantir mais segurança às pessoas enquanto estiverem interagindo com os diversos modais de mobilidade urbana.

Portanto, sejamos responsáveis no trânsito, já que vidas dependem do nosso comportamento.

Cruzeiro FM, número um em jornalismo!!!

Comentários

Você está ouvindo

Cruzeiro FM 92,3 Mhz

A número 1 em jornalismo