Editorial: Seu Voto Tem Poder 18/09/2020

Publicado por departamento de Jornalismo Cruzeiro FM 92,3 em 18/09/2020

Com a hashtag Seu Voto Tem Poder, o Tribunal Superior Eleitoral, o TSE, pretende chamar a atenção do eleitor para a importância do voto.

Nas eleições presidenciais, para o Congresso Nacional e Assembleias Legislativas, em 2018, o cidadão chegou às urnas com outro humor, querendo fazer a diferença para o país.

Neste ano, as eleições municipais chegam com outra característica: o receio do eleitor em ir até as seções eleitorais por conta da pandemia do novo coronavírus.

Especialista em Direito Eleitoral, o advogado Ricardo Vita Porto, que participou de entrevista na Cruzeiro FM nessa quinta-feira, afirmou que a Justiça Eleitoral está preparada para receber os eleitores para o exercício democrático do voto mesmo diante do período pandêmico.

Ricardo afirmou que a Justiça Eleitoral, inclusive, vai dar novamente mais um exemplo para o mundo, portanto, o cidadão pode confiar e exercer o direito ao voto no dia 15 de novembro, data do primeiro turno.

Desde que respeitados os protocolos sanitários definidos pelo Ministério da Saúde, como, por exemplo, o uso de máscaras e a manutenção do distanciamento social, não haverá problemas ao cidadão.

O período eleitoral deste ano será mais curto, de modo que as convenções partidárias, que começaram em 31 de agosto, terminaram na quarta-feira desta semana, dia 16 de setembro.

Esse prazo estabelecido pela Justiça Eleitoral teve por objetivo permitir que as legendas pudessem escolher os nomes dos candidatos a prefeito e vereador.

A campanha eleitoral começa oficialmente no dia 27 de setembro.

Na opinião do promotor, mais uma vez a internet e as redes sociais deverão ser o principal meio de campanha eficiente porque as formas tradicionais, que geravam aglomerações, não serão possíveis diante da pandemia de Covid-19.

Ele lembrou que empresas especialistas em marketing digital não poderão fazer o disparo das mensagens, tanto nas redes sociais quanto via WhatsApp, porque pode caracterizar abuso de poder econômico.

O promotor também falou sobre o desafio da Justiça Eleitoral com relação às fake news e disse que espera bom senso dos eleitores para avaliar as propostas dos candidatos.

Sobre a credibilidade de informações, o advogado especialista em Direito Eleitoral Ricardo Vita Porto orienta o eleitor a ler, ouvir ou assistir a notícias geradas por veículos de comunicação oficiais e sérios, como é o caso da Cruzeiro FM.

Assim, quando receber notificações no feed de notícias de suas redes sociais, antes de compartilhá-las, verifique a veracidade delas, busque certificar-se de que a notícia é corrente também nos veículos de comunicação social oficiais.

Evite compartilhar fake news, pois é crime, e os responsáveis poderão ser processados criminalmente, tanto quem criou a fake news como quem a compartilhou.

E, antes de escolher seu candidato à prefeitura ou à Câmara Municipal, busque saber a história e a carreira política dele, a fim de que você possa chegar diante da urna e apertar a tecla Confirma com convicção e a certeza de que o escolhido irá representá-lo efetivamente.

Contudo, vale ressaltar que o processo eleitoral termina no voto, mas as ações políticas continuam e você tem todo o direito de cobrar seus representantes sobre os compromissos assumidos com o eleitor durante o período eleitoral.

Faça valer seu direito democrático e mostre que Seu Voto Tem Poder.

Cruzeiro FM, número um em jornalismo!!!

Comentários

Você está ouvindo

Cruzeiro FM 92,3 Mhz

A número 1 em jornalismo