Ministro do STF inclui Temer em inquérito da Lava Jato

Publicado por departamento de Jornalismo Cruzeiro FM 92,3 em 02/03/2018

O ministro Edson Fachin do STF (Supremo Tribunal Federal) aprovou na tarde desta sexta-feira (2) a inclusão do presidente da República Michel Temer em um inquérito investigativo sobre a Operação Lava Jato. No mesmo inquérito são investigados Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria Geral).
O prazo dado pelo ministro para conclusão do caso, é de 60 dias, podendo ser estendido caso haja algum pedido de prorrogação.
Padilha e Moreira Franco comandavam a Secretaria de Aviação Civil, que é investigada por ter feito o pagamento de propina à Odebrecht.
Ainda nesta semana a Procurado-Geral da República, Raquel Dodge, fez um pedido para que Temer fosse incluído  nas investigações por ter participado de um jantar em maio de 2014, onde foram discutidos a divisão de valores destinados ao PMDB.
 

Comentários

Você está ouvindo

Cruzeiro FM 92,3 Mhz

A número 1 em jornalismo