Sobe para 12 os macacos mortos no Parque do Matão em Votorantim

Publicado por departamento de Jornalismo Cruzeiro FM 92,3 em 26/01/2018

Até o início da manhã desta sexta-feira (26), os agentes do Centro de Controle de Zoonoses já retiraram 12 macacos bugios mortos no interior do Parque do Matão. Em dois deles, os laudos do Instituto Adolfo Lutz confirmaram a morte pelo vírus da febre amarela silvestre. O município aguarda o resultado de outros quatro laudos que estão em análise.
Votorantim não registra caso de febre amarela em humanos, nem suspeitos. A Secretaria da Saúde (Sesa) reforça que o número de primatas mortos independe para o desencadeamento das ações que estão em andamento, priorizando o entorno do Parque do Matão seguindo os critérios da Secretaria de Estado da Saúde. Até esta quinta-feira (25), mais de 23 mil doses da vacina contra a febre amarela foram aplicadas no município.
De acordo com a Sesa, dos 12 primatas encontrados mortos, as vísceras de seis deles possibilitaram a análise do Instituto Adolfo Lutz, dos quais dois laudos positivos retornaram até o momento, nos dias 12 e 22. Com relação aos outros seis, o estado dos mesmos não permitiu o encaminhamento. A Zoonoses informa que a partir do laudo positivo em um deles, o envio ao Instituto Adolfo Lutz segue critérios para a retirada das vísceras do animal em até oito horas após a morte.
Dos 12 macacos mortos, quatro foram encontrados nesta semana, sendo dois na segunda-feira (22) pela manhã e dois na tarde de quarta-feira (24). O retorno dos laudos depende da demanda do Instituto tendo em vista o quadro epidemiológico em todo o estado de São Paulo.
Vacinação amplia para as escolas
A ação de imunização na cidade segue na próxima semana, ampliando para escolas, além de dois postos fixos e das equipes casa a casa. Confira a programação:
– Aplicação casa a casa, de 300 doses diárias, nas residências do entorno do Parque do Matão
– UBSs do Parque Bela Vista e do Jardim Clarice, com distribuição de 250 senhas em cada uma delas, diariamente, a partir das 7h.
– Segunda-feira (29) – Aplicação em alunos, professores e funcionários da Apae.
– Terça-feira (30) – Aplicação em alunos, professores e funcionários da escola infantil Master Baby.
– Quarta-feira (31) – Aplicação em alunos, professores e funcionários do CMEI “Mercedes Nardi Arcuri”.
– Quinta-feira (01) – Aplicação em alunos, professores e funcionários do CMEI “Fernanda Rosa Bueno”.
– Sexta- feira (2) – Aplicação em alunos, professores e funcionários da escola infantil Jequitibá.
– Para a outra semana, em relação às escolas, a previsão é iniciar a imunização em unidades da rede estadual, como a Escola “Pof. Daniel Verano” e outras, assim como creches, seguindo critérios geográficos e epidemiológicos.
Recomendações
A Secretaria da Saúde destaca que é importante o uso de repelente na volta às aulas, inclusive para aqueles que já tomaram a vacina recentemente, lembrando que o prazo para que ela faça efeito é de dez dias após a aplicação.
A Sesa solicita a colaboração de todos no combate contínuo ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika, chikungunya e até de febre amarela, verificando diariamente as suas residências visando eliminar possíveis criadouros do mosquito.

Comentários

Você está ouvindo

Cruzeiro FM 92,3 Mhz

A número 1 em jornalismo